EMERJ

Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro

ícone da bandeira que traduz para o idioma Espanhol ícone da bandeira que traduz para o idioma Francês ícone da bandeira que traduz para o idioma Inglês ícone da bandeira que traduz para o idioma Português

FALE CONOSCO

Magistrados

Eventos

Cursos Abertos

Publicações

Portal do Aluno

Concursos EMERJ

EMERJ Virtual

Núcleos de Pesquisa

Fale Conosco fale conosco

História da EMERJ

A Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ) é uma instituição de ensino destinada à formação e aperfeiçoamento de magistrados e à disseminação do conhecimento jurídico. A EMERJ é pioneira entre as Escolas da Magistratura e é a mais conceituada escola de juízes do Brasil.

Foto do Prédio da EMERJ

Situada na cidade do Rio de Janeiro, a EMERJ foi criada pela Lei Estadual nº 1.395, em 8 de dezembro de 1988, um ano que ficou na história do país com a promulgação da Constituição Cidadã. Surgia uma nova Carta e uma Escola que prepararia magistrados para um novo tempo.

A Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro iniciou suas atividades com o Curso de Especialização em Direito Público e Privado, com natureza de pós-graduação lato sensu, voltado para bacharéis em Direito aprovados e classificados em prova de seleção.

Desde a sua inauguração, a EMERJ tem formado operadores do Direito, tanto da área da advocacia, como aqueles que buscam na Escola a preparação para concursos públicos, principalmente as carreiras da Magistratura, do Ministério Público e da Defensoria Pública. Pelas salas de aula da EMERJ passaram alunos que hoje são promotores de Justiça, defensores públicos, procuradores, ministros e advogados renomados.

No decorrer dos anos, a EMERJ ampliou sua atuação, tornando-se uma escola múltipla que cuida da formação continuada de todos os magistrados do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. Os cursos preparam os magistrados para a prática jurídica, sempre de acordo com as normas da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (ENFAM).

Na Escola, os juízes têm a oportunidade de aperfeiçoamento em diferentes cursos, não somente relativos ao Direito, mas também às áreas das ciências político-sociais, História, Filosofia e de todas as disciplinas que compõem o vasto e complexo universo do conhecimento necessário a uma nova e contemporânea magistratura.

Atualmente, a Escola da Magistratura conta com 18 Núcleos de Representação, presentes em diversas regiões do Estado, que têm como objetivo promover eventos, simpósios, palestras, módulos que versem sobre assuntos jurídicos e culturais de interesse da região, dentre outras atividades.

A EMERJ tem também uma das três maiores bibliotecas jurídicas do Brasil. Subordinada ao Departamento de Ensino da Escola, a Biblioteca Desembargador José Carlos Barbosa Moreira desenvolve um serviço de fomento à cultura, onde leituras de peças teatrais são dramatizadas e eventos literários e de cinema são realizados, a fim de contribuir para aproximar o Judiciário da população, ampliando o seu universo e suas fronteiras do conhecimento.

A EMERJ realiza cursos de extensão, de curta duração, que têm como objetivo promover aperfeiçoamento profissional. Também promove cursos livres sobre temas variados. Há, ainda, os Fóruns Permanentes, que democratizam o conhecimento com a promoção de seminários gratuitos sobre temas das diversas áreas do saber jurídico e humanístico, abertos para o público em geral.

Imagem do Auditório

Focada na disseminação do conhecimento, a EMERJ vem utilizando ferramentas tecnológicas a fim de atender ao seu público externo e magistrados. O Ensino a Distância (EaD), desenvolvido por meio do Virtual EMERJ, é um desses recursos que possibilitou o apoio acadêmico para os magistrados e para as comunidades jurídicas do interior do Estado do Rio de Janeiro.

O Ensino a Distância (EaD), desenvolvido por meio do Virtual EMERJ, é um desses recursos que possibilitou o apoio acadêmico para os magistrados e para as comunidades jurídicas do interior do Estado do Rio de Janeiro.

Atualmente, a Escola da Magistratura conta com 18 Núcleos de Representação, presentes em diversas regiões do Estado, que têm como objetivo promover eventos, simpósios, palestras, módulos que versem sobre assuntos jurídicos e culturais de interesse da região, dentre outras atividades. A EMERJ tem também uma das três maiores bibliotecas jurídicas do Brasil. Subordinada ao Departamento de Ensino da Escola, a Biblioteca Desembargador José Carlos Barbosa Moreira desenvolve um serviço de fomento à cultura, onde leituras de peças teatrais são dramatizadas e eventos literários e de cinema são realizados, a fim de contribuir para aproximar o Judiciário da população, ampliando o seu universo e suas fronteiras do conhecimento.

Imagens da Biblioteca 

Foto dos Diretores-gerais da EMERJ