CANAÃ - UMA REFLEXÃO SOBRE A OCUPAÇÃO DO TERRITÓRIO CAPIXABA:

POSSE E PROPRIEDADE

  • Milena Dalla Bernadina
  • Letícia Zeferino de Oliveira UVV

Resumo

Canaã é uma obra literária considerada realista e naturalista, escrita por Graça Aranha no início do século XX. Trata-se de um romance entre Maria e Milkau. A história se passa durante a ocupação territorial capixaba por imigrantes europeus. A questão que pretendemos discorrer e questionar é a seguinte: existem questões culturais relacionadas à ocupação territorial do Espírito Santo que dificultam o acesso ao Direito de Propriedade, constitucionalmente previsto, no interior desta obra literária? É o que descreveremos ao longo desse trabalho.  

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Mestre em Direito Pela Faculdade de Direito do Vitória (FDV). Professora de Sucessão e Empresarial da Universidade de Vila Velha.

Publicado
2021-12-02
Como Citar
BERNADINA, Milena Dalla; DE OLIVEIRA, Letícia Zeferino. CANAÃ - UMA REFLEXÃO SOBRE A OCUPAÇÃO DO TERRITÓRIO CAPIXABA:. Direito em Movimento, [S.l.], v. 19, n. 2, p. 237-260, dez. 2021. ISSN 2238-7110. Disponível em: <https://emerj.com.br/ojs/seer/index.php/direitoemmovimento/article/view/381>. Acesso em: 25 jun. 2022.